RISCO DE SURTO DE DENGUE DEIXA MINAS GERAIS EM ALERTA

Com 1.571 notificações de dengue em Minas somente nos primeiros 14 dias de 2019, a população pode enfrentar um ano de epidemia da doença. O número de registros já representa 80% de todos os casos registrados em janeiro de 2018. Chuvas intensas antes do início do verão e a baixa imunidade das pessoas quanto a determinados tipos do vírus reforçam o alerta, apontam especialistas.

O último surto no Estado foi em 2016. Na época, foram mais de 528 mil registros prováveis (confirmados e suspeitos) e 255 mortes. As outras epidemias foram em 2010 (348 mil doentes) e 2013 (194 mil). Se o intervalo de três anos entre as explosões de casos se mantiver, 2019 será marcado por um cenário crítico da dengue.

A vulnerabilidade das pessoas a alguns tipos de vírus preocupa. Membro do Comitê de Doenças Emergentes da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Carlos Magno Castelo Branco Fortaleza explica serem quatro os subtipos da enfermidade.

Segundo ele, se em um ano um desses tipos circulou, mais indivíduos tiveram contato com ele e ficaram imunes. “Em Minas Gerais, por exemplo, houve mais o tipo 1, que é o mais comum. Então, em 2019, podemos ter mais incidência dos outros”.

O especialista destaca, ainda, que os três meses da primavera, iniciada em setembro, propiciaram a proliferação do Aedes aegypti, vetor da dengue. “Houve chuvas intensas e altas temperaturas em outubro, quando o normal é no fim de novembro”, frisou Carlos Magno.

Cuidado
Referência técnica do Programa Estadual de Controle das Doenças Transmitidas pelo Aedes, Paula Figueiredo diz que, por ser de circulação cíclica, a dengue exige cuidado e prevenção constantes.

De acordo com ela, a condição de chuvas e temperatura no território já indicavam mais notificações da doença em janeiro. Hoje, são 60 cidades com risco de surto e cinco com incidência alta ou muito alta de casos.

“Estamos em estado de alerta. O aumento é esperado para este período por causa da sazonalidade da doença. Os meses quentes e chuvosos são mais propícios para a circulação do vetor”, disse Paula Figueiredo.

Um plano de contingência está sendo colocado em prática, pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), nas localidades mais críticas.

“Ele é composto de ações como monitoramento dos casos, envio de boletins, alertas e distribuição de medicamentos. Também são disponibilizados equipamentos e veículos para ajudar as equipes de endemias locais no controle do mosquito”, contou a referência técnica da SES.

By: Miradouronoticias.com/Fonte; secretaria de estado de saúde MG

ZEMA PARTICIPA DE REUNIÕES COM GUEDES E BOLSONARO PAUTA É: ”DÍVIDA MINEIRA”

Zema e o vice-governador Paulo Brant em encontro com Bolsonaro nesta quarta-feira (16)

O assunto contas públicas é prioridade na gestão de Romeu Zema (Novo). Na tarde desta quarta-feira (16), o governador de Minas esteve em Brasília, no Distrito Federal, para duas reuniões: com o ministro da Economia do governo Jair Bolsonaro (PSL), Paulo Guedes e, em seguida, com o próprio presidente. Zema esteve acompanhado do vice-governador, Paulo Brant e do secretário de Fazenda, Gustavo Barbosa.

De acordo com o governo estadual, a pauta principal foi a renegociação da dívida mineira com a União, atualmente estimada em cerca de R$ 87,6 bilhões.

Além disso, estava programada para o encontro uma discussão sobre investimentos em concessões de rodovias federais que cortam Minas, Estado com a maior malha rodoviária federal do país. A conversa é uma tentativa de melhorar a situação de BR’s como a 262 e 381, essa última conhecida como a rodovia da morte, devido ao alto número de acidentes.

Na reunião, também estava agendada a manifestação favorável de Zema ao governo federal referente às reformas da previdência e tributária.

Balanço de contas 

Ainda segundo o governo, a equipe da Secretaria do Tesouro Nacional finalizou mais cedo o diagnóstico da situação fiscal do Estado. Programada para ser encerrada nesta quarta-feira (16), a análise teve fim na terça-feira (15). No momento, nem Estado, nem Tesouro Nacional se posicionarão até a avaliação dos dados coletados. Não há previsão para a divulgação dos resultados.

A visita de uma equipe do Tesouro Nacional a Minas nesta semana inicia o processo de acordo entre o governo federal e o mineiro sobre a renegociação da dívida. A partir desse diagnóstico, serão propostas as principais medidas para adesão ao plano de recuperação fiscal.

By: Miradouronoticias.com/fonte: Hoje em Dia

VIÇOSA- MG: ADOLESCENTE É APREENDIDO COM ARMA DE FOGO E MOTO ROUBADA EM CACHOEIRINHA

Um adolescente de 16 anos foi apreendido por policiais militares na tarde de terça-feira (15).

A polícia militar recebeu informações dando conta de dois suspeitos em uma motocicleta vermelha, transitando em Cachoeira de Santa Cruz.

Durante o patrulhamento, militares do serviço reservado (P2) avistaram os suspeitos empurrando a moto na rodovia, na entrada do distrito. Ao reconhecer os policiais, eles evadiram entrando em um matagal. O adolescente foi abordado e apreendido. Já o segundo suspeito fugiu.

Foi apreendida uma pistola 380 e uma motocicleta que foi roubada na data de 04/01/2019 em Teixeiras.

O jovem tem uma vasta ficha criminal e envolvimento com uma quadrilha com várias passagens incluindo roubos, furto, tentativa de homicídio, homicídios e porte ilegal de arma de fogo. Ambos são do bairro Novo Silvestre.

O adolescente foi encaminhado para a delegacia da polícia civil.

By: Miradouronoticias.com/Fonte: Parceiro Viçosa Urgente

51% DOS CARGOS AVALIADOS EM PESQUISA RECEBERAM AUMENTO ACIMA DA INFLAÇÃO EM 2018

Os casos de reposição salarial ou manutenção representaram 35% dos cargos e 14% deles registraram queda; foram analisados 513 cargos em 14 setores – veja lista.

Área de recursos humanos foi destaque de alta na remuneração tanto entre os setores pesquisados como no cargo de business partner  — Foto: Reprodução/TV Globo

Levantamento realizado pelo PageGroup, empresa de recrutamento especializado, mostra que 51% dos cargos avaliados tiveram aumento acima da inflação no ano passado.

Os casos de reposição salarial ou manutenção representaram 35% dos cargos e 14% deles registraram queda. Dos 513 cargos analisados, os que apresentaram os maiores acréscimos na remuneração foram Business Partner (RH), com 40%; Analista de Expansão (Saúde e Life Science), 40%; e Gerente de Operações (Supply Chain & Operações), 35% (veja lista abaixo).

Para elaborar o estudo, o PageGroup consultou 6 mil profissionais de todo o Brasil, entre janeiro e outubro do ano passado. Os executivos consultados ocupam cargos que vão de posições de suporte à gestão (Page Personnel) até alta e média gerência (Michael Page).

A partir dessa consulta, a companhia traçou a remuneração mensal de 513 cargos em 14 setores (Engenharia & Manufatura, Supply Chain e Operações, Varejo, Vendas, Marketing & Digital, Tecnologia da Informação, Jurídico, Saúde & Life Science, Financeiro & Tributário, Seguros, Bancos e Serviços Financeiros, Recursos Humanos, Imobiliário e Construção e Secretariado & Business Support).

Os setores com maior percentual de alta foram Recursos Humanos (77% dos cargos) e Bancos & Serviços Financeiros (75%).

Já os com maior queda entre os salários foram o Imobiliário & Construção (45% dos cargos) e Seguros (40%).

Remuneração por áreas

Engenharia e Manufatura

Cargos que tiveram aumento: 41%

Cargos que tiveram estabilidade: 44%

Cargos que tiveram queda: 15%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Gerente de Manutenção: 13%

Analista e Gerente de Qualidade: 3%

Gerente de EHS: 12%

Supply Chain & Operações

Cargos que tiveram aumento: 34%

Cargos que tiveram estabilidade: 62%

Cargos que tiveram queda: 4%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Gerente de Operações: 35%

Gerente e Diretor de Compras: 22%

Varejo

Cargos que tiveram aumento: 56%

Cargos que tiveram estabilidade: 35%

Cargos que tiveram queda: 9%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Coordenador e Gerente de Omnichanel: 10%

Gerente de Operações: 8%

Vendas

Cargos que tiveram aumento: 70%

Cargos que tiveram estabilidade: 17%

Cargos que tiveram queda: 13%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Gerente de Contas: 11%

Diretor de Vendas: 10%

Analista de Desenvolvimento de Negócios: 4%

Gerente de BD: 4%

Marketing & Digital

Cargos que tiveram aumento: 37%

Cargos que tiveram estabilidade: 40%

Cargos que tiveram queda: 23%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Analista e Gerente de Performance: 15%

Gerente de Transformação Digital: 10%

User Experience: 10%

Tecnologia da Informação

Cargos que tiveram aumento: 41%

Cargos que tiveram estabilidade: 55%

Cargos que tiveram queda: 4%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Analista de BI: 19%

Cientista de Dados: 12%

Desenvolvedor Backend, Frontend e Mobile: 12%

Jurídico

Cargos que tiveram aumento: 35,5%

Cargos que tiveram estabilidade: 64,5%

Cargos que tiveram queda: 0%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Advogado Contencioso: 4%

Advogado de Compliance: 4%

Gerente Jurídico Corporativo: 3%

Saúde e Life Science

Cargos que tiveram aumento: 44%

Cargos que tiveram estabilidade: 37%

Cargos que tiveram queda: 19%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Analista de Expansão: 40%

Gerente de Qualidade: 26%

Gerente Médico: 25%

Financeiro & Tributário

Cargos que tiveram aumento: 58%

Cargos que tiveram estabilidade: 37%

Cargos que tiveram queda: 5%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Gerente de Planejamento Financeiro: 24%

Controladoria: 20%

Analista e Gerente de Tesouraria: 20%

Seguros

Cargos que tiveram aumento: 50%

Cargos que tiveram estabilidade: 10%

Cargos que tiveram queda: 40%

Bancos & Serviços Financeiros

Cargos que tiveram aumento: 75%

Cargos que tiveram estabilidade: 16%

Cargos que tiveram queda: 9%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Gerente de Captação: 25%

Analistas e Executivos de Vendas: 9%

Gerente de Parcerias e Canais: 9%

Recursos Humanos

Cargos que tiveram aumento: 77%

Cargos que tiveram estabilidade: 33%

Cargos que tiveram queda: 0%

Cargos com maiores aumentos salariais:

Business Partner: 40%

Aquisição de Talentos: 20%

Employer Branding: 15%

Imobiliário & Construção

Cargos que tiveram aumento: 55%

Cargos que tiveram estabilidade: 0%

Cargos que tiveram queda: 45%

Secretariado & Business Support

Cargos que tiveram aumento: 0%

Cargos que tiveram estabilidade: 100%

Cargos que tiveram queda: 0%

Cargo com maior aumento salarial:

Office Manager: 18%

By: Miradouronoticias.com/G1

DELEGADO ALESSANDRO DA MATTA VAI REASSUMIR A REGIONAL DE MURIAÉ NO DIA 04 DE FEVEREIRO

A 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Muriaé terá novamente em sua administração, o delegado, Alessandro Amaro da Matta que estava no cargo até novembro de 2017, quando foi nomeado para o Conselho da Polícia Civil, em Belo Horizonte e mais recentemente para a chefia do DETRAN-MG. A publicação do cargo de delegado Regional de Muriaé foi feita no Diário Imprensa Oficial de Minas Gerais nesta terça-feira (15).

Alessandro da Matta nomeado hoje. Demétrio fica no cargo até 04/02

O atual delegado é José Roberto Machado Demétrio que ficará no cargo até o dia 04 de fevereiro.

O delegado Demétrio estava no cargo desde novembro 2017By: Miradouronoticias.com/ Fonte: Silvan Alves

MURIAÉ-MG: BOMBEIROS APAGAM INCÊNDIO EM VEGETAÇÃO NO RESIDENCIAL NOVA MURIAÉ E NA MARGEM BR-356

Bombeiros apagam incêndio em vegetação no Residencial Nova Muriaé e na margem da BR-356

Devido ao fogo, grande quantidade de fumaça avançou para a pista, levando risco aos condutores

Bombeiros do Pelotão da Gávea apagaram incêndios em uma área de pastagem, no Residencial Nova Muriaé, no distrito de Vermelho, e também em uma das margens da rodovia BR-356, na altura do distrito.

Conforme os bombeiros, no conjunto habitacional o fogo já estava muito  próximo aos blocos e levava risco às residências e moradores.

Já na rodovia, devido às chamas, uma grande coluna de fumaça se formou e avançou para a pista, gerando risco aos condutores.

As causas dos incêndios são desconhecidas, e não está descartada a possibilidade de o fogo ter sido iniciado de forma intencional.

By: Mieadouronoticias.com/ Fonte: Rádio Muriaé

CALENDÁRIO PIS-PASEP 2018-2019:PAGAMENTO DE ABONO SALARIAL PARA NASCIDOS EM JANEIRO E FEVEREIRO COMEÇA NESTA QUINTA -FEIRA

Estimativa do governo é que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos a 3,4 milhões de trabalhadores. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição até 28 de junho

Calendário do PIS Pasep — Foto: Reprodução/TV Globo

Começa a ser pago nesta quinta-feira (17) o abono salarial PIS do calendário 2018-2019, ano-base 2017, para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro e fevereiro. O PIS é pago na Caixa Econômica Federal.

Também será liberado o Pasep, que é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil, para quem tem final da inscrição 5.

A estimativa da Secretaria do Trabalho, do Ministério da Economia, é que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos a aproximadamente 3,4 milhões de trabalhadores.

De acordo com o calendário, os nascidos entre janeiro e junho receberão o PIS no 1º trimestre. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho, prazo final para o recebimento.

O valor do abono varia de R$ 83 a R$ 998, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2017.

Tabela PIS 2018-2019 — Foto: ReproduçãoTabela PIS 2018-2019 — Foto: Reprodução

Tabela PIS 2018-2019 — Foto: Reprodução

Tabela Pasep 2018-2019 — Foto: Reprodução

Tabela Pasep 2018-2019 — Foto: Reprodução

Quem tem direito

Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2017.

Trabalhadores da iniciativa privada retiram o dinheiro na Caixa Econômica Federal, e os servidores públicos, no Banco do Brasil. É preciso apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep.

No caso do PIS, para quem é correntista da Caixa, o pagamento é feito 2 dias antes do restante dos outros trabalhadores. Já no caso do Pasep, o crédito em conta para correntistas do Banco do Brasil será efetuado a partir do 3º dia útil anterior ao início de cada período de pagamento.

Valor depende dos meses trabalhados

O valor do abono é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Portanto, quem trabalhou um mês no ano-base 2017 receberá 1/12 do salário mínimo. Quem trabalhou 2 meses receberá 2/12 e assim por diante. Só receberá o valor total quem trabalhou o ano-base 2017 completo.

Por exemplo, se o período trabalhado foi de 12 meses, vai receber o valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 998). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 83), e assim sucessivamente.

Rendimentos do PIS

De acordo com a Caixa, quando o saque do PIS não é efetuado, o valor é incorporado ao saldo de quotas. Ao final do exercício financeiro (28 de junho), após a atualização do saldo, os rendimentos são disponibilizados para saque no novo calendário. Os rendimentos variam conforme o saldo existente na conta do PIS vinculada ao trabalhador.

Para saber se tem direito e como sacar

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil

By: Miradouronoticias.com/G1

PROJETO “FUSQUINHA SOLIDÁRIO” MOBILIZA PARCEIROS E CONSEGUE MAIS 6 NOVAS CADEIRAS DE RODAS PARA HSP

Projeto “Fusquinha Solidário” mobiliza parceiros e consegue mais 6 novas cadeiras de rodas para HSP
Em 3 anos, o projeto viabilizou 26 cadeiras de rodas, além de outros e diversos equipamentos para o HSP

 

O projeto filantrópico “Fusquinha Solidário” promoveu mais uma ação em prol do Hospital São Paulo (HSP). Mobilizando parceiros de vários segmentos, o projeto viabilizou seis novas cadeiras de roda para a instituição hospitalar, que foram entregues nesta terça-feira (15).

Com pouco mais de três desde sua criação, o projeto já conseguiu para o hospital 26 cadeiras de rodas, além de diversos equipamentos, entre cadeiras para hemodiálise, macas, balanças infantis, televisor, notebook, jogos de mesas e cadeiras para a pediatria, bem como muitos utensílios para a cozinha do HSP.

O projeto

O “Fusquinha Solidário” foi criado sem setembro de 2015 e desde então promove ações e busca doações (dinheiro, produtos ou serviços) que já resultaram na aquisição de equipamentos para diversos setores do Hospital São Paulo.

Além das ações em prol do HSP, o projeto também atua ajudando a quem precisa, de forma geral, sempre com apoio de empresas e pessoas físicas.

Interessados em contribuir com o “Fusquinha Solidário” podem obter informações entrando em contato com a Rádio Muriaé, através do número 3729 2929, ou na recepção da emissora, na Av. Constantino Pinto – 90 – no Centro.

By: Miradouronoticias.com/ Fonte: Rádio Muriaé