POLÍCIA CIVIL PRENDE MAIOR TRAFICANTE DE DROGAS DE MINAS GERAIS

Como desdobramento de uma investigação de organização criminosa que atuava no tráfico de drogas, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apresentou, nesta segunda-feira (20), o resultado da segunda fase da Operação Embrião. Até o momento, seis pessoas foram presas, entre elas, S. C.D, 38 anos, considerado o maior traficante do estado. A esposa dele, E.L.D, também foi detida. Já na primeira etapa, quatro homens foram presos em posse de R$ 1 milhão em espécie.

O casal foi surpreendido pela equipe da 1ª Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (1ª Draco), do Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp), no dia 12 maio, em Ouro Preto, região Central do estado, durante uma partida de futebol do time que Sonny patrocina, o Peñarol de Ouro Preto. No momento da abordagem, ele estava em campo e Efigênia assistia ao jogo. Ambos se encontram à disposição da justiça em virtude de mandado de prisão temporária.

Segundo as investigações, em um ano e meio, a organização criminosa liderada por Sonny movimentou nada menos que R$ 30 milhões em Minas Gerais. No Brasil, o grupo teria participado da movimentação de R$ 100 milhões. O dinheiro seria fruto do tráfico de drogas. De acordo com o Delegado Marcos Vinícius Lobo Leite Vieira, os altos valores movimentados serão objeto de uma outra fase das investigações. ¿O desafio da Polícia Civil é lastrear para onde estão sendo destinadas essas vultosas quantias em dinheiro¿, explica.

Ainda de acordo com o Delegado, o líder da quadrilha seria Sonny Clay, que teria contatos, inclusive, na fronteira com o Paraguai. Os investigadores trabalham para elucidar se, de fato, o time de futebol patrocinado por ele, pode estar sendo usado para lavagem de dinheiro. ¿Ele patrocina o time de futebol de Ouro Preto e arca com materiais para os jogadores. Dois dos jogadores estão esses quatro que foram presos na primeira fase da operação¿, afirma.

Histórico

A primeira etapa da Operação Embrião ocorreu nos dias 3 e 4 de maio, quando os policiais civis prenderam A da S.T, 31 anos, F.S dos S.S, 31, J.L. X, 36, e D.J.G.A,32, no bairro Santa Inês, região Leste da capital. A prisão ocorreu quando faziam a transferência de mais de R$ 1 milhão de um veículo para outro. Além desses dois carros, na ocasião, outros dois veículos foram apreendidos.

Ao chegar à delegacia e fazer a busca nos quatro carros, os policiais encontraram mais R$ 140 mil e 16 quilos de cocaína em um fundo falso localizado em um deles. Já na segunda fase, além da prisão do casal, os policiais apreenderam outros dois automóveis e duas motocicletas de luxo. Os suspeitos negaram participação nos crimes e se mantiveram em silêncio em relação às outras perguntas, afirmando que que só irão falar em juízo.

By: miradouronoticias.com.br/ fonte: PCMG

EUGENÓPOLIS-MG: GERENTE É INDICIADO PELO “ROUBO” NA AGENCIA BANCARIA EM QUE TRABALHAVA

A Polícia Civil concluiu a investigação sobre um suposto roubo ocorrido do dia 25 de março deste ano a um Posto de Atendimento de um Banco, em Eugenópolis, localizada a 25 quilômetros de Muriaé.

Foi registrado no dia que um homem teria rendido o gerente da agência, fazendo-o refém, enquanto subtraiu todo o numerário disponível nos caixas eletrônicos. Durante as investigações, os Policiais da Agência de Inteligência da Polícia Civil em Muriaé identificaram uma série de contradições e omissões nas declarações do ex-gerente que, ao final, acabou confessando sua participação e dando detalhes do plano, articulado em conjunto com o comparsa, que teve a prisão decretada e se encontra foragido.

De acordo com o delegado regional, Alessandro Da Matta, foram levados mais de R$100 mil do banco no dia do assalto.

O caso, que começou a ser investigado como mais uma ocorrência do chamado “Sapatinho”, modalidade de crime onde se restringe a liberdade de um funcionário do Banco ou de seus familiares, obrigando-o a colaborar com a ação criminosa, acabou caminhando para uma grande farsa, montada em conjunto com o gerente, que detinha as informações privilegiadas, inclusive, o dia em que haveria mais numerário no Posto de Atendimento.

De acordo com o delegado Coordenador da Agência de Inteligência da 4a DRPC, Tayrony Espíndola, durante o período em que estava no interior da agência, junto com o comparsa, o gerente chegou a falar ao telefone com uma outra funcionária, insistindo para que ela fosse até à agência realizar suas tarefas com o objetivo de dar veracidade a versão de “roubo”.

“Eles permaneceram juntos no interior da Agência por mais de uma hora, pensando em formas de justificar a tese de roubo, inclusive, tentando envolver outros funcionários que, se de fato chegassem, seriam rendidos e certamente aterrorizados pelo comparsa, que se trata de um criminoso de alta periculosidade”, concluiu o delegado.

Os envolvidos foram denunciados pelo Crime de furto duplamente qualificado, pelo abuso de confiança e pelo concurso de pessoas, podendo ser condenados a até 10 anos de prisão. O gerente se encontra afastado dos serviços do banco.

Clique aqui e relembre a reportagem.

Eugenópolis: Gerente é indiciado pelo

By: miradouronoticias.com.br/ Fonte : Rádio Muriaé

ESTADO APRESENTA PLANO DE SEGURANÇA PARA AS COMUNIDADES PRÓXIMAS A BARRAGENS

Documento foi lançado durante abertura do workshop promovido pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil e teve a participação do governador

imagem de destaque

Evento foi realizado no Auditório JK, na Cidade Administrativa, nesta segunda-feira (20/5)

O governador Romeu Zema participou nesta segunda-feira (20/5), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, da abertura do Workshop Barragens MG, promovido pelo Gabinete Militar do Governador, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. Durante o evento, foi lançado o Plano de Segurança para as Comunidades Próximas às Barragens de Mineração. O documento, desenvolvido pelo Governo de Minas, visa reduzir riscos, mitigar os efeitos da mineração, preparar respostas e promover a segurança das comunidades próximas às barragens.

Em discurso, Romeu Zema ressaltou que Minas Gerais precisa caminhar no sentido de tornar segura a atividade de mineração no estado.

“O que nós queremos, e esse dia de hoje é um exemplo, é caminhar nesse rumo. Temos de melhorar o monitoramento das barragens e ter ferramentas que tornem essa atividade mais segura. A mineração é uma atividade que sempre fez parte do nosso estado e não vamos eliminá-la. Vamos, sim, torná-la segura. Nós temos exemplos de países desenvolvidos, como Canadá e Austrália, que têm uma atividade de mineração extremamente representativa e que opera com total segurança. E, mesmo de países não tão desenvolvidos, como Chile e África do Sul, também têm essa atividade e a operam com níveis de segurança razoáveis”, afirmou o governador.

Ele citou ainda as medidas tomadas após o rompimento da barragem em Brumadinho, em 25 de janeiro, e o trabalho desenvolvido pelas forças de segurança do Estado.  “Aquilo que estava ao nosso alcance foi feito. Agradeço a todas as entidades envolvidas. Diria que, apesar da tragédia, nós mostramos que temos estrutura para atuar nessas situações. Melhor se não tivesse ocorrido, com toda certeza, mas o dia de hoje será extremamente produtivo, porque nós ainda podemos melhorar aquilo que, de certa maneira, conduzimos bem”, completou.

O governador destacou também que o momento atual é de “angústia” devido à movimentação do talude próximo à Mina Gongo Seco, em Barão de Cocais, na região Central do estado, e pediu atenção das forças de segurança às famílias que estão passando por esse momento de apreensão.

“Nós, seres humanos, não sabemos lidar com a incerteza. Isso nos causa uma angústia enorme. E, infelizmente, é esse o momento que estamos vivendo aqui em Minas. Vocês que estão lidando diretamente com as pessoas envolvidas precisam ter paciência e tolerância. Uma palavra de conforto, essa atenção, são essenciais”, finalizou Zema.

Plano

O coordenador da Defesa Civil do Estado, coronel Evandro Borges, explica que o Plano de Segurança para as Comunidades Próximas às Barragens de Mineração foi elaborado após a realização de um diagnóstico de todo o contexto que envolve as barragens e o ambiente onde estão inseridas. Entre as principais diretrizes está a integração dos órgãos envolvidos na proteção das pessoas residentes nas áreas próximas às barragens, o treinamento e capacitação das Defesas Civis dos municípios, além de pesquisa de tecnologias que potencializem as ações de proteção.

“Esse plano tem uma significância muito grande pela oportunidade que traz para o sistema da Defesa Civil. Várias instituições, cada uma dentro da sua área, contribuem e trabalham de forma integrada ajudando a nossa população em momentos difíceis como esse que temos passado. A gente precisa discutir e quebrar o paradigma da cultura do risco. Precisamos estar preparados para atuar em face de cenários como esse, uma mentalidade preventiva, da gestão do risco de desastre, que é a população estar consciente, saber dos procedimentos e dos passos que devem seguir”, pontuou.

O documento estabelece que diversas ações sejam realizadas, como a solicitação junto às empresas de informações adicionais para melhoria dos planos de ação de emergência, a capacitação e auxílio aos municípios onde existem barragens para a elaboração dos planos de contingência – que são os dois instrumentos norteadores em casos de emergência. Ainda estão previstas ações para capacitação de todos os agentes envolvidos, cursos e seminários, como o workshop realizado nesta segunda-feira.

O plano também estabelece a fiscalização das medidas preventivas adotadas pelas empresas responsáveis pelas barragens, como os sistemas de alarme e sinalização, e a realização de novos simulados de evacuação.

Workshop

O workshop nesta segunda-feira tem como público-alvo prefeitos e gestores dos municípios mineradores do estado, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e a própria Defesa Civil, além das empresas do setor que possuem barragens à montante em Minas Gerais.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas, coronel Edgard Estevo, destaca a necessidade de se trocar experiências e a instituição contribuir com a expertise neste tipo de situação. “Os Bombeiros trazem a experiência que tem das respostas em todos estes casos. Em Brumadinho, estamos com 116 dias de operação, permanecemos com mais de 135 bombeiros todos os dias, 120 máquinas operando. Podemos sim contribuir com nossa expertise, não só com tipo de resposta, mas com o trabalho de inteligência nas buscas e entendendo, por exemplo, o movimento dos rejeitos”, completou.

Barão de Cocais

Também presente no evento, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Germano Vieira, explicou as ações desenvolvidas pelo Governo de Minas no monitoramento da barragem em Barão de Cocais.

Segundo o secretário, no domingo (19/5), uma reunião foi realizada entre a pasta e representantes da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), do Ministério Público Estadual, do Ministério Público do Trabalho, da Defesa Civil, da Agência Nacional de Mineração, da empresa responsável pela barragem e auditoria independente para tratar das ações e monitoramento na região.

“Foram comunicadas ações de monitoramento, evidenciadas a questão da segurança dos trabalhadores e comunicada a paralisação, além do trem de passageiros, do de carga. Medidas emergências foram identificadas, órgão ambientais demonstraram necessidade de a empresa apresentar uma caracterização química dos rejeitos da barragem, entre outras ações”, explicou.

Presenças

Também participaram do workshop o capitão de Mar e Guerra e comandante da Capitania dos Portos de Minas, Nicácio Satiro; o defensor público federal, Estevão Ferreira Couto; o defensor público geral de Minas, Gério Patrocínio; o promotor de Justiça Francisco Generoso, representando o Ministério Público do Estado.

Agência Brasil

By: miradouronoticias.com.br

CERCA DE 3 MIL PAPELOTES DE COCAÍNA, MEIO QUILO DE CRAQUE E DOIS MENORES APREENDIDOS NO MARAMBAIA

A PM recebeu informações sobre tráfico de drogas em um beco da região da Rua Teotônio dos Santos. Diante dos fatos montamos uma operação e com a ajuda do cão farejador dos militares Cb. Reinaldo e Cb. Vivian chegaram a uma casa abandonada, de onde saia um forte odor de droga.“Estouramos a porta e no interior da casa deparamos com um tanque(máquina de lavar roupa), onde estava uma mochila possivelmente com cerca de 3 mil papelotes de cocaína e meio quilo craque, mais munições e balanças de precisão. Próximo estavam dois menores e um deles conhecido no meio policial. Eles foram detidos e trazidos aqui para a Delegacia de Polícia Civil” relata a Polícia Militar.

By: miradouronoticias.com.br/ fonte: Silvan Alves

SEGURANÇA INFANTOJUVENIL

Segurança infantojuvenil
Paiva Netto

Imagem relacionada

Abuso e exploração sexual infantojuvenil. Assuntos que não podem ser ignorados. Problemas de magnitude global que exigem alerta constante de todos nós, principalmente dos pais e dos governos. Nada melhor que procurarmos caminhos eficientes em prol da assistência aos pequeninos. Juntamos nossos esforços aos de numerosas organizações do Terceiro Setor e aos do próprio governo no combate a essa terrível violência.
A Boa Vontade TV (Oi TV — Canal 212 — e Net Brasil/Claro TV — Canais 196 e 696), no programa Sociedade Solidária, trouxe elucidativa entrevista com a professora Dalka Chaves de Almeida Ferrari, membro da diretoria do Instituto Sedes Sapientiae, de São Paulo/SP, e coordenadora-geral do Centro de Referência às Vítimas de Violência (CNRVV).
A segurança das crianças e dos jovens, segundo a professora Dalka, carece de uma mobilização geral: “Trata-se de trabalho contínuo que merece uma atenção constante da política pública para fazer esse enfrentamento. E hoje são necessárias a capacitação e a sensibilização dos hotéis, com seus gerentes e todo o corpo de trabalho, dos taxistas, do pessoal da rodoviária, dos ônibus, dos aeroportos. Se for pensar em política, todos os ministérios teriam que ser capacitados para fazer esse enfrentamento”.

Quebrar o pacto do silêncio
Durante sua conversa com o sociólogo Daniel Guimarães, apresentador do Sociedade Solidária, a professora Dalka Ferrari enfatizou também a imprescindível providência de proteção da criança dos abusos sexuais nos ambientes doméstico e social: “Quebrar o pacto do silêncio, conseguir falar desse assunto, porque ainda é muito velado, é meio tabu dentro da sociedade. Se a gente tiver jovens esclarecidos, conscientizados, sensibilizados sobre os cuidados que têm que ter com o próprio corpo, os limites que são dados, eles se sentirão bem e não deixarão que esse corpo seja invadido. Então, é quase que uma reeducação do autoconhecimento. A pessoa tem que se conhecer, saber exatamente o que ela quer para sua vida, os riscos que pode correr com os envolvimentos”. (…)
E prossegue, enfática: “Isso tudo é algo que precisa ser discutido, porque, se a gente não conscientizar, desde a criança, o adolescente, o jovem até os pais, os educadores, que cuidam dessa criança e desse adolescente todo dia, a gente não vai fazer esse problema vir à tona. As pessoas têm vergonha de falar, não querem enfrentá-lo. E, à medida que o jovem ficar autônomo, sabendo como se defender, ele poderá ajudar outro jovem, poderá ser um multiplicador desses conhecimentos”.
Psicóloga, especialista em violência doméstica, ela reforça: “Então, o objetivo maior de tudo isso é fazer com que eles conheçam (…) quais são as situações perigosas em que podem se envolver, ou em que precisam se defender dentro e fora da família. Porque é assim: a proteção dos pais existe por um tempo, mas há uma hora que vai depender da criança e do jovem fugirem, saírem ou pedirem ajuda por causa do risco que estão enfrentando”.
Estamos tratando de tema realmente complexo e que deve ser salientado e discutido na mídia, em casa, nas igrejas, nas escolas, nas universidades, no trabalho, em toda a parte, de modo a ampliarmos a guarda em torno da infância e da juventude. E tenhamos em nossas agendas o Disque 100 (Disque Direitos Humanos), para fazer denúncias, procurar ajuda.

Riscos das novas gerações
Aproveitemos, então, o 18 de maio (Dia Nacional de Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes) para refletir seriamente sobre o futuro das novas gerações, ameaçadas, desde já, pela prática hedionda de crimes como a exploração sexual. Sem contar o crescimento da violência envolvendo-as, as inomináveis pedofilia e efebofilia, até em ambientes nos quais devem imperar a segurança e o desenvolvimento socioafetivo: o lar e a escola.
Hoje, esses problemas não mais se restringem a meninos e meninas que se encontram tristemente abandonados pela rua. Há crianças que vivem em moradias aos pedaços, nas favelas, embaixo dos viadutos, como vemos na mídia, ou mesmo outras que residem em belos apartamentos e casas que são, no entanto, tão indigentes, tão carentes quanto aquelas que não têm um travesseiro sobre onde reclinar a cabeça.
Urge que todos, cidadãos e os órgãos constituídos, mudem esse quadro.
Não me canso de afirmar que a estabilidade do mundo começa no coração da criança. Protegê-la é acreditar no futuro.
José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

By: miradouronoticias.com.br

REFORMA TRIBUTÁRIA SERÁ APRESENTADA APÓS APROVAÇÃO DA NOVA PREVIDÊNCIA

Declaração foi feita por Bolsonaro na sua conta no Twitter

O presidente da República, Jair Bolsonaro, durante encontro com o Vice Presidente Senior da ExxonMobil, Neil Chapman, em Dallas, no Texas (EUA).

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (20) que pretende apresentar um projeto de reforma tributária para o país após a aprovação da reforma da Previdência. Em publicação na sua conta no Twitter, Bolsonaro explicou que a reforma é necessária para viabilizar outros projetos para o país.

“A Nova Previdência é a porta de entrada para o progresso do Brasil. É com sua aprovação que se viabilizam diversas outras ações econômicas benéficas para o país, como a Reforma Tributária, que pretendemos apresentar logo após, compreendendo ser um desejo urgente dos brasileiros”, escreveu.

A Câmara dos Deputados retoma nesta semana as audiências temáticas da comissão especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição da Reforma da Previdência (PEC 6/19). Entre os temas estão o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a aposentadoria do trabalhador rural e de categorias diferenciadas como professores, policiais e magistrados.

Paralelamente, os deputados também analisarão o texto da reforma tributária (PEC 45/19) já em tramitação. Na quarta-feira (22), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara deve votar o relatório sobre a admissibilidade da PEC. O relator, deputado João Roma (PRB-BA), apresentou parecer favorável à tramitação do texto, na semana passada.

A proposta institui o Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS) que substitui três tributos federais – IPI, PIS e Cofins -, o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos eles incidem sobre o consumo. O IBS será composto por três alíquotas – federal, estadual e municipal; e União, estados e municípios poderão fixar diferentes valores para a alíquota do imposto.

Agência Brasil

By: miradouronoticias.com.br

PCMG INTERCEPTA GRANDE QUANTIDADE DE DROGAS EM BELO HORIZONTE

Após uma denúncia anônima, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) impediu a negociação de grande quantidade de drogas que chegariam ao Aglomerado Cabana do Pai Tomás, região Oeste da capital. Durante ação policial, na última sexta-feira (17), foram apreendidas mais de 400 pinos de cocaína, 70 tabletes de maconha e mais 170 buchas da mesma droga prontas para venda.

Anderson Firmino Pereira de Souza, de 22 anos, que pertence à organização criminosa envolvida na tráfico das drogas arrecadadas, foi preso em flagrante. Conforme explicou a equipe responsável pela operação, a polícia foi informada de que o grupo criminoso iria receber uma carga de drogas e repassá-las para que traficantes as vendesse na região. Os entorpecentes apreendidos estavam embalados individualmente e com cores diferentes, conforme a qualidade e o preço da porção.

Ação policial

Ao chegarem ao local, os policiais perceberam uma movimentação suspeita entre integrantes da gangue. Anderson foi avistado em cima de uma laje, com uma sacola na mão, momento em que foi abordado pelos Investigadores. Ao perceber a chegada dos policiais, o suspeito ainda tentou disfarçar, mas foi conduzido para a delegacia, onde foi autuado pelo crime de tráfico de drogas.

De acordo com a Delegada Bianca Mondaini, os integrantes dessa organização criminosa obrigavam moradores do aglomerado a guardar drogas em áreas externas das casas. Anderson possui diversas passagens, desde 2015, pelo crime de tráfico ilícito de drogas.

By: miradouronoticias.com.br/ fonte: PCMG

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROMOVE PRIMEIRO AULÃO DO ENEM DE 2019

Estudantes da rede estadual intensificam estudos para as provas previstas para novembro

Crédito: Franciele Xavier/SEE

Com o objetivo de preparar os alunos do 3º ano do ensino médio das escolas estaduais de Belo Horizonte e da Região Metropolitana, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) promoveu, neste sábado (18/5), o primeiro Aulão do Enem de 2019. A ação aconteceu em parceria com o Centro Universitário UNA e o Curso Preparatório Chromos.

O Aulão foi realizado no campus Barro Preto, da UNA, e os conteúdos foram repassados por professores do centro universitário e do Chromos. Os estudantes foram divididos em quatro salas e as temáticas abordadas foram “Orientações Gerais sobre o Enem”, “Financiamento, Pro-Uni, Fies e Sisu”, “Dicas de Redação” e “Ciências Naturais nas Especificidades da Física”.

Os professores explicaram os conteúdos, tiraram as dúvidas dos estudantes e os incentivaram a seguir nos estudos para as provas do Enem. “Acreditem no potencial de vocês e façam tudo com muito capricho e dedicação, principalmente nos estudos. Vocês conseguem alcançar ótimas notas se derem o melhor de vocês nessa fase”, disse o professor de “Orientações Gerais sobre o Enem”, Gustavo Assunção.

A estudante Andreia Morais Sousa, de 18 anos, é aluna do 3º ano na Escola Estadual Ellísio Carvalho de Brito, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e, junto com outros 14 colegas, foi assistir às aulas no sábado. “Estou me  preparando para fazer o Enem desde o início do ano. Pretendo cursar Engenharia Mecânica. Assistir a essas aulas complementou muito meu material de estudo, tirei muitas dúvidas, principalmente na aula de ‘Dicas de Redação’. Faço outros cursos fora da escola e aqui tive acesso a conteúdos que ainda não tinha visto”, disse.

Este foi o primeiro de uma série de quatro aulões programados pela SEE em parceria com as duas instituições de ensino. No entanto, os conteúdos abordados são independentes, ou seja, o estudante que não compareceu neste sábado pode fazer sua inscrição para o próximo.

De acordo com o analista educacional da Diretoria de Ensino Médio da SEE, Renato Lopes, o objetivo é reforçar o preparo dos estudantes da rede estadual para as provas do Enem.

“Percebemos a necessidade de auxiliar os nossos alunos no processo de estudos para o Enem, que atualmente é a maior porta de entrada para a maioria das universidades. É também uma maneira de a SEE estimular os estudantes da rede estadual a fazerem a prova e de mostrar a eles as possibilidades que existem por meio do Enem”, disse Renato.

As datas dos próximos aulões serão divulgadas em breve.

Agência Minas

By: miradouronoticias.com.br