Polícia Civil de Minas Gerais, juntamente com a Polícia Militar, apura um homicídio consumado ocorrido no domingo (1º), no Bairro Jardim Paraíso, em Além Paraíba,

Polícia Civil de Minas Gerais, juntamente com a Polícia Militar, apura um homicídio consumado ocorrido no domingo (1º), no Bairro Jardim Paraíso, em Além Paraíba, resultaram na apreensão em flagrante de um adolescente de 17 anos pela prática de ato infracional análogo ao crime de homicídio. Um jovem de 18 anos foi preso em flagrante pela prática de tráfico de drogas. Também foram apreendidas mais de 9.800 porções de drogas.

Durante a ação, foram localizados uma pistola calibre 9mm; 4.160 papelotes de cocaína; 3.120 buchas de substância análoga à maconha; 484 cigarros de substância análoga à maconha; 792 pinos, 1.144 papelotes e 16 barras de substância análoga à cocaína; 23 cigarros de substância análoga à maconha; 106 pinos de substância análoga à cocaína, cinco buchas de substância análoga à maconha e uma bucha de substância análoga à maconha pequena. Além disso, foram apreendidos oito cartuchos calibre 9mm, dois aparelhos celulares e R$366,50.

De acordo com informações do Delegado Marcos Vignolo Alves, assim que o crime que vitimou um homem de 30 anos foi cometido e a PCMG tomou conhecimentos dos fatos, os policiais civis da 28ª Delegacia de Polícia Civil em Além Paraíba se deslocaram até o local. Após apurações, foi possível identificar os envolvidos. Foi apurado que o menor teria efetuado os disparos de arma de fogo. “Foi organizado cerco policial e o adolescente foi apreendido na BR-393, no município de Sapucaia, no Rio de Janeiro. A arma de fogo – que teria sido utilizada no crime – também foi localizada e estava escondida em um matagal, em um Bairro próximo ao local onde ocorreu o homicídio”, explicou, complementando que o crime teria acontecido por disputa por ponto de tráfico e porque a vítima teria se envolvido com uma ex-namorada do menor.

Ao continuar a apuração dos fatos, em diligências com a Polícia Militar, as drogas foram encontradas em sacos de lixo, em uma casa próxima ao local do crime. Apurações indicam que o jovem de 18 anos trabalhava nessa residência, onde a droga seria vendida. Ele foi preso em outro Bairro e também é investigado por participação no homicídio consumado.

Ainda segundo a autoridade policial, o menor foi apresentado à promotoria e a internação dele está sendo solicitada à Justiça, já o outro suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.

PCMG


By: miradouronoticias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *