Cruzeiro perde para Palmeiras no Mineirão e é rebaixado para Série B pela 1ª vez na história

WARLEY SOARES/AM PRESS & IMAGES/ESTADÃO CONTEÚDO

O dia 8 de dezembro de 2019 ficará marcado negativamente na história do Cruzeiro. Neste domingo, o time celeste perdeu por 2 a 0 para o Palmeiras, no Mineirão, e foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em seus 98 anos de existência. A partida nem chegou ao fim devido à uma confusão generalizada nas arquibancadas. O jogo foi paralisado aos 40 minutos do segundo tempo e o árbitro Marcelo de Lima Henrique decidiu encerrar o duelo cinco minutos depois.

Zé Rafael abriu o placar para o Palmeiras aos 12 minutos do segundo tempo. Naquele momento, o Ceará perdia por 1 a 0 para o Botafogo, no Engenhão, e a Raposa só precisava ganhar para escapar. O gol dos paulistas enfureceu os torcedores cruzeirenses nas arquibancadas.

A coisa ficou pior quando o Ceará empatou no Rio de Janeiro em cobrança de pênalti. Mas a pá de cal veio aos 38 minutos da etapa final com o ex-cruzeirense Dudu, que acertou uma bela cabeçada no ângulo de Fábio e marcou o segundo do Palmeiras no Mineirão.

A partir daí, os torcedores do Cruzeiro perderam a paciência e as arquibancadas do Mineirão viraram um palco de guerra. Cadeiras foram arrancadas e arremessadas, e a Polícia Militar teve que interferir com bombas de efeito moral. Várias pessoas deixaram o estádio feridas. A Minas Arena precisou colocar nos telões uma mensagem para os torcedores deixarem o estádio: “Evacuem o estádio”, informava o texto.

Além do rebaixamento, o clube celeste também verá as finanças serem impactadas. Ao cair, o Cruzeiro não receberá um centavo de premiação pela colocação final no Campeonato Brasileiro, já que as equipes rebaixadas ficam sem o valor de 30% da cota de TV pago aos times que terminam entre o 1º e 16º lugar.

Com a derrota, o Cruzeiro terminou o Brasileirão na 17ª posição, com 36 pontos, três a menos que o Ceará, que empatou com o Botafogo e se livrou do rebaixamento.

Cruzeiro 0 x 2 Palmeiras

Cruzeiro: Fábio; Orejuela (Weverton), Cacá, Léo e Dodô; Henrique, Éderson e Jadson; Marquinhos Gabriel, Pedro Rocha (Maurício) e Ezequiel (Sassá). Técnico: Adilson Batista

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Matheus Fernandes e Bruno Henrique; Raphael Veiga (Willian), Lucas Lima e Zé Rafael (Gabriel Veron); Dudu. Técnico: Andrey Lopes (interino)

Motivo: 38ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 8 de dezembro de 2019, domingo, às 16h
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Zé Rafael (12’/2º), Dudu (38’/2º)

Cartão Amarelo: Zé Rafael (Palmeiras)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Público: 24.035 pagantes / 27.929 presentes
Renda: R$ 307.703,00

Itatiaia


By: miradouronoticias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *