UBERLÂNDIA; POLÍCIA CIVIL LOCALIZA CURRAL CLANDESTINO

Cinco pessoas conduzidas e 40 animais, entre reses e equinos, apreendidos. Esses são os números da operação “Conexão”, deflagrada, quinta-feira (13), pela Polícia Civil de de Minas Gerais (PCMG), em Uberlândia. A ação é fruto de oito meses de investigação, em que a PCMG localizou um curral clandestino utilizado para abate de gado furtado.

O curral, em um Distrito Industrial a 20 quilômetros de Uberlândia, está situado em uma área de preservação permanente (APP) de propriedade da prefeitura de Uberlândia. No local, o gado furtado era abatido e vendido para açougues da região. As investigações apontam, ainda, que os embarques eram realizados com frequência.

Ao longo do trabalho investigativo, os policiais civis estiveram em três fazendas, nas quais os detentores dos animais não comprovaram a propriedade do gado. Além disso, várias reses já haviam sido recuperadas. Uma das apreensões compreendeu a recuperação de 25 reses na semana passada. E por estar associada a apreensões feitas anteriormente, a operação desta quinta-feira (13) recebeu o nome de Conexão.

Com as diligências, cinco pessoas foram conduzidas e a Autoridade Policial lavrou dois Autos de Prisão em Flagrante Delito, além de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Os autuados pagaram fiança. Os trabalhos foram realizados pelas equipes da Delegacia Regional de Polícia Civil em Uberlândia e da Delegacia Rural.

By: Miradouronoticias.com.br/PCMG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *