POLÍCIA PROCURA MAIS DE 50 PEÇAS ROUBADAS DE UMA EXPOSIÇÃO QUE ESTEVE NO PAÇO IMPIRIAL, NO RIO DE JANEIRO

Caminhão que leva as obras para exibição em Minas Gerais foi roubado na Via Dutra. Peças são da exposição ‘Acordo rei’, do artista plástico Isaque Pinheiro.

 

Ladrões roubam mais de 50 obras de artista português, na Dutra


Polícia procura por 52 obras de arte levadas durante roubo de carga na Dutra

A polícia também procura mais de 50 peças roubadas do acervo do Paço Imperial, no Centro do Rio. O caminhão que carregava as obras foi assaltado na Via Dutra, na altura de Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

As 52 peças são da exposição “Acordo rei”, o artista plástico Isaque Pinheiro. Elas estavam em exibição no Paço até o fim de novembro. De lá, seguiriam para Belo Horizonte (MG), mas o caminhão foi assaltado.

O caminhão roubado foi encontrado horas depois, vazio, no Complexo do Chapadão, em Costa Barros, na Zona Norte do Rio.

A Galeria Dotart pede que quem tiver informações da localização das peças, que envie um e-mail para contato@dotart.com.br

Na segunda-feira (3), um acordo assinado oficializou a devolução de quatro obras do acervo do Itaú Cultural para a Biblioteca Nacional. Uma perícia confirmou que, assim como oito gravuras já devolvidas, os itens também foram roubados pelo maior ladrão de obras raras do país, Laércio Rodrigues. Ele mesmo, atualmente em liberdade, fez as denúncias por meio de cartas enviadas aos jornais.

As quatro obras que vão retornar agora são três desenhos originais de Keller-Leuzinger e uma litogravura de Buvelot & Moreau.

By: Miradouronoticias.com/ Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *