DICAS DE COMO SE COMPORTAR DURANTE UMA ABORDAGEM POLICIAL

segurança-e1337778657736-300x182

A abordagem policial nunca é um momento agradável, nem para o policial, muito menos para quem é abordado. Algumas ações de quem é abordado ajudam o policial, facilitam o procedimento, e enfim, evitam transtornos para o cidadão.

O Policial Militar ao realizar uma abordagem sempre estará com sua arma em punho (pronto para usá-la). É O PROCEDIMENTO CORRETO PARA GARANTIR A PRÓPRIA SEGURANÇA E A DE TERCEIROS. Faz parte da técnica policial a abordagem com arma em punho. O policial está tecnicamente preparado para utilizá-la quando for oportuno;

-Siga sempre as orientações dos policiais militares;

Permaneça calmo e na posição determinada pelo policial, até que ele permita seu relaxamento;

-Nunca reaja a abordagem;

Jamais fuja dos policiais militares, pois eles estão ali para garantir sua segurança;

-Não discuta com o policial nem toque nele. Não faça ameaças ou use palavras ofensivas;

-Se estiver armado, com as mãos pra cima diga claramente ao policial onde se encontra sua arma;

-Evite movimentos bruscos ou que demandem suspeita da sua intenção;

-Mantenha as mãos sempre visíveis;

-Sua identificação será solicitada após a abordagem, responda claramente as perguntas feitas pelo policial;

-Toda abordagem é sempre um momento de risco para o policia, afinal, infratores não levam nenhuma identificação especial;

-A abordagem policial não tem como objetivo o constrangimento e sim sua segurança e de toda a população;

-Evite locais suspeitos ou pontos de drogas, em tais locais as chances de uma abordagem são maiores;

-Quando na direção de veículos, estacione imediatamente após a ordem do policial. Nunca acelere o veículo, pois isso será um indicativo de que a ordem não foi acatada;

Os cidadãos tem o direito de:

-Saber a identificação do policial militar, se assim desejar;

-Ser revistado por policiais militares do mesmo sexo, desde que não ocasione prejuízo ao andamento da ocorrência (art. 249 do Código de Processo Penal);

-Acompanhar visualmente a revista realizada no seu veículo;

-Ao término da abordagem, saber o motivo pelo qual foi abordado;

-De ser preso apenas por ordem judicial ou flagrante delito;

-Ao ser preso, na Delegacia de Polícia realizar contato com advogado e/ou alguém da família.

-Separamos algumas imagens de Abordagens Policiais. 

busca pessoal
vistoria

abordagem_pol

abordagem-policial

Colaboração: Cb Silva, 4º Pel. PM de Miradouro

Fotos: Ilustrativas/Internet

2 thoughts on “DICAS DE COMO SE COMPORTAR DURANTE UMA ABORDAGEM POLICIAL

  1. faltou relacionar um direito do cidadão: Vejamos o que diz a Lei brasileira… A Lei 3689/41, Codigo de Processo Penal, atualmente vigente diz em seu

    art. Art. 244. A busca pessoal independerá de mandado, no caso de prisão ou quando houver fundada suspeita de que a pessoa esteja na posse de arma proibida ou de objetos ou papéis que constituam corpo de delito, ou quando a medida for determinada no curso de busca domiciliar.

    bom vejamos que nesse caso a Lei não estabelece um caso para os quais se exige o instrumento do Mandado Judicial, ela faz o contrário, especifica as exceções, ou seja, os casos para os quais não será necessário que o policial ao realizar a busca pessoal esteja munio de um mandado. Portanto, a regra é o Mandado, fato esse já reconhecido amplamente pelos tribunais.

    Vale ainda lembrar que: ser negro, pardo, especto de pobre, visual alternativo, etc… nada disso pode ser considerada fundada suspeita que autorize a busca pessoal. E o direito a intimidade e a privacidade do cidadão estão amparados na Cosntituição Ferderal que se sobrepõe a simples suspeita de um policial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *