FUNED É O ÚNICO LABORATÓRIO NO PAÍS A PRODUZIR MEDICAMENTO CONTRA HANSENÍASE

Fundação do governo mineiro fabrica a Talidomida 100 mg, que é distribuída para todo o Brasil

imagem de destaque

Este é o principal medicamento utilizado por pessoas diagnosticadas com hanseníase

Fundação Ezequiel Dias (Funed), laboratório farmacêutico do Governo de Minas Gerais, é o único no Brasil que produz o medicamento Talidomida 100 mg, desde 1973. Este é o principal medicamento utilizado por pessoas diagnosticadas com hanseníase. Toda a produção é encaminhada ao Ministério da Saúde, que distribui o remédio às secretarias de Saúde de todos os estados brasileiros, que o demandam. De janeiro a abril deste ano, já foram entregues 2,3 milhões de comprimidos. A expectativa é de que a Funed atinja produção de 7.682.760 unidades, até o final de 2019.

O medicamento é fornecido apenas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Somente instituições e profissionais credenciados junto ao ministério têm autorização para prescrição e entrega da Talidomida. O remédio também é indicado para o tratamento de alguns tipos de câncer, lúpus e úlceras aftóides.

Responsável pelo acompanhamento de efeitos e reações adversas que o medicamento possa causar, a analista do Serviço de Farmacovigilância da Funed,  Paula  Lana, ressalta a segurança do uso da Talidomida sempre que seguidas as exigências da legislação que controla o seu uso, a RDC 11/2011 da Anvisa.

Ela alerta que o diagnóstico das doenças para a qual a Talidomida é indicada pode ser difícil, como no caso da hanseníase. “Às vezes, a pessoa  não percebe que tem manchas pelo corpo e não procura um dermatologista”. Segundo Paula, a mancha passa a ser uma preocupação quando a pessoa nota que perdeu a sensibilidade ao calor ou frio e não sente dor ao tocar nos locais onde ela apareceu. A Talidomida poderá ser usada sempre que o paciente apresentar uma reação da hanseníase denominada eritema nodoso hansênico.

Atualmente, é o medicamento de primeira escolha para esta indicação, apresentando rápidos resultados positivos. Os eventos adversos devem ser monitorados pelos profissionais de Saúde, principalmente a neuropatia periférica, que acomete principalmente os nervos dos braços e pernas dos pacientes, alterando sua sensibilidade. Com relação às má-formações fetais, elas podem ser evitadas, seguindo-se os critérios de controle da legislação, assegurando-se que mulheres em idade fértil só tomem o medicamento após exclusão, mensalmente, de uma possível gravidez, para que não sejam expostas ao risco.

Homens na produção

A chefe da Divisão da Produção de Medicamentos da Funed, Ana Paula Teixeira, reitera a segurança do medicamento nos tratamentos onde seu uso é indicado. Mas, explica que, o princípio ativo Talidomida possui potencial teratogênico, sendo capaz de causar má-formação congênita. Por isso, ela explica, é vetada a participação de mulheres no processo produtivo da Funed, onde há a exposição ao princípio ativo, sendo as atividades desenvolvidas exclusivamente por servidores do sexo masculino.

Na década de 1960, o desconhecimento do potencial teratogênico do medicamento causou o nascimento de fetos com má-formação, devido ao uso do medicamento por mulheres grávidas. Assim, a Funed, de maneira preventiva e visando garantir a segurança de suas servidoras, não permite que mulheres participem do processo produtivo onde há exposição ao princípio ativo. E assim, evita que elas tenham qualquer tipo de contato com a Talidomida.

Atualmente, o processo de fabricação, dentro da unidade de produção, conta com oito homens, mas todas as demais atividades de suporte, como as analíticas e de fracionamento, também são realizadas exclusivamente por servidores do sexo masculino.

Hanseníase

A hanseníase (antigamente conhecida como lepra) é uma doença infectocontagiosa causada por um micro-organismo (bactéria) denominado Mycobacterium leprae. A transmissão ocorre a partir do contato direto com doentes sem tratamento, que eliminam os bacilos pelo  aparelho respiratório superior, por meio de secreções nasais e gotículas da fala, tosse e espirro.

No caso dos doentes que recebem tratamento médico, não há risco de transmissão. De acordo com dados do Ministério da Saúde, a doença atingiu 28.761 pessoas no Brasil, em 2015.

Agencia Minas

By: miradouronoticias.com.br

MIRADOURO-MG: 22 DE MAIO DIA DE SANTA RITA DE CÁSSIA!!! CONHEÇAM UM POUCO DESSA BELA HISTÓRIA!

HISTÓRIA DE SANTA RITA DE CÁSSIA

A História de Santa Rita de Cássia ou Santa dos Impossíveis, como é geralmente conhecida a grande advogada dos aflitos, nasceu em Rocca Porena, perto de Cássia, na Itália, em 22 de maio de 1381. O curioso, que o falecimento de Rita em 1457, foi também, no dia 22 de maio.
Desde jovem, Rita tinha intenção de ser religiosa, mas seus pais, temendo que ela ficasse sozinha, resolveram casá-la com um jovem de família nobre, mas de temperamento excessivamente violento. Ela suportou pacientemente por 18 anos, até que seu marido foi assassinado pelos seus inimigos. Rita perdoou os assassinos, mas seus filhos, não! Despertava neles a vingança e, para não acontecer isso, Rita pediu que Deus os levasse, pois acreditava na ressurreição dos filhos. Assim, perdeu os filhos e Rita dedicou-se a Deus. Quis entrar para o Convento das religiosas Agostinianas de Cássia, mas naquela comunidade só podiam entrar virgens. Então, ela transformou sua casa num claustro, onde rezava as orações habituais das religiosas.
Em uma determinada noite, enquanto rezava, ouviu três batidas violentas em sua porta e uma voz lá de fora dizia: “Rita! Rita!”. Abriu a porta e viu três Santos, que rapidamente, a levaram ao convento onde havia sido negada três vezes. Os mensageiros fizeram-na entrar, apesar das portas fechadas, e deixaram Rita em um dos claustros e desapareceram. A superiora ficou fascinada com essa manifestação Divina e as religiosas decidiram por unanimidade que a viúva fosse recebida. Admitida noviça Rita começou a trabalhar para realizar seus desejos. Consagrou-se à oração e penitência, seu corpo foi seguidamente flagelado. Passava os dias a pão e água e noites sob vigília e oração.
Certo dia, pediu com extraordinário fervor, que um estigma de Jesus aparecesse para sentir a dor da redenção. Em uma visão, Rita recebeu um espinho cravado em sua testa. A chaga ficou por toda a vida e, ainda hoje, pode ser visto em sua cabeça conservada intacta com o resto do corpo.
Certa vez, uma parente foi visitá-la. Rita agradeceu a visita e, ao se despedir, pediu que lhe trouxesse algumas rosas do jardim. Como era inverno e não tinha rosas, pensaram que Rita estava delirando e sua visitante não ligou para seu pedido. Como, para voltar para casa, teria que passar pelo jardim, olhou e se surpreendeu ao contemplar quatro lindas rosas que se abriram entre os ramos secos. Admirada do prodígio, entrou no jardim, colheu as flores e as levou ao convento. Nesta época, Rita se encontrava muito doente.
No dia que Rita morreu, em 22 de maio de 1457, o sino do convento começou a tocar sozinho. Rita estava com 76 anos, e após a morte, sua ferida cicatrizou-se e o seu corpo começou a exalar um perfume de rosas. No lugar da ferida apareceu uma mancha vermelha, que exalava um perfume celestial e encantou a todos. Logo apareceu uma multidão para vê-la. Uma freira chamada Catarina Mancini, que tinha um braço paralítico, ao abraçar Rita em seu leito de morte, ficou curada. A notícia espalhou e, então, tiveram que levar seu corpo para a igreja, onde se encontra conservado e intacto até hoje, exalando suave perfume, que a todos impressiona.
Qualquer pessoa pode contemplá-la na Igreja do Convento de Cássia, dentro de um relicário de cristal. Depois de tantos anos, seus membros ainda têm flexibilidade e pela expressão do rosto, parece estar dormindo.
Santa Rita de Cássia foi beatificada no ano 1627, em Roma, pelo Papa Urbano Vlll. Sua canonização foi no ano de 1900, no dia 24 de maio, pelo Papa Leão Xlll e sua festa é comemorada no dia 22 de maio.
Fontes: cruzterrasanta.com.br, portaldasmissoes.com.br

By: Miradouronoticias.com. br/Fontes: cruzterrasanta.com.br, portaldasmissoes.com.br

MIRADOURO-MG: CONVITE- RESGATE HISTÓRICO DE MIRADOURO PELOS ALUNOS DA EEPAK- 1º ANO C

Convite

A Prefeitura Municipal de Miradouro convida toda a comunidade para acompanhar a apresentação do trabalho “RESGATE HISTÓRICO DE MIRADOURO”, pelos alunos do 1° ano C, da E.E. Padre Kobal (EEPAK), nesta sexta (24/05), de 8h às 11h e de 12h30 às 15h30, na Casa de Cultura Serra do Brigadeiro.
Venha participar!
“A História de um povo permanece viva através da ação daqueles que a escrevem.”

By: miradouronoticias.com.br

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRADOURO INFORMA: ATENÇÃO BENEFICIÁRIO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA E MIRALIMENTO

Atenção beneficiários do Programa Bolsa Família e Miralimenta!


A Secretaria de Assistência Social, em parceria com a CRESOL-Miradouro, convida a todos para uma conversa sobre “Planejamento Financeiro e você”, nesta quinta-feira (23/05), às 18h, na Casa de Cultura Serra do Brigadeiro.
Não percam essa oportunidade!

By: miradouronoticias.com.br

ANEEL APROVA REAJUSTE MÉDIO DE 8,73% PARA CONSUMIDORES DA CEMIG

Para clientes residenciais, impacto na conta de luz será de 6,93%

Lâmpadas incandescentes devem ser retiradas do mercado brasileiro até 2016 (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (21) reajuste tarifário médio de 8,73% para os consumidores da Cemig Distribuição S/A (Cemig-D). O efeito médio será de 10,71% para os consumidores atendidos em alta tensão e de 7,89% para os de baixa tensão. Para os consumidores residenciais o reajuste será de 6,93%. A distribuidora fornece energia para 8,4 milhões de unidades consumidoras localizadas em 774 municípios no Estado de Minas Gerais. Os novos índices entram em vigor a partir do próximo dia 28.

Com o reajuste anual, a tarifa residencial da empresa ficará em R$ 628,33/MWh (megawatts hora). De acordo com a Aneel, ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, foi considerada a variação de custos associados à prestação do serviço. “O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais. O reajuste da Cemig foi impactado pelo aumento dos custos de aquisição de energia, como por exemplo, da Usina Hidrelétrica de Itaipu que é precificada em dólar”, disse a agência.

Pará

Na reunião desta terça-feira, a Aneel também aprovou a realização de audiência pública para discutir o reajuste tarifário da Centrais Elétricas do Pará (Celpa). A concessionária atende 2,6 milhões de unidades consumidoras localizadas em 144 municípios do Pará.

“A revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela Aneel”, disse a agência.

Na revisão da Celpa, a Aneel está propondo o reajuste médio de 3,16%, com impacto de 5,91% para os consumidores residenciais. Para os consumidores atendidos na baixa tensão, o efeito médio proposto é de 6,3%, Já para os consumidores atendidos na alta tensão, caso das indústrias, o impacto proposto é negativo com uma redução de 6,56%.

A reunião presencial para discutir os valores foi marcada para o dia 14 de junho, em Belém (PA), em local e horário a serem disponibilizados posteriormente. Já os valores definitivos serão aprovados no início de agosto para entrarem em vigor a partir de 7 do mesmo mês, após a análise das contribuições da presente audiência.

Agência Brasil

By: miradouronoticias.com.br

MURIAÉ-MG: HOMICÍDIO NO MARAMBAIA, PERSEGUIÇÃO POLICIAL, TRÊS PESSOAS, ARMAS E DROGAS APREENDIDOS

PERSEGUIÇÃO POLICIAL COMEÇA NA CIDADE E TERMINA EM VERMELHO COM TRÊS PRESOS E ARMA DE FOGO JOGADA FORA NO DORNELAS. EM SEGUIDA APREENSÃO DE DROGAS

Uma grande movimentação policial tomou conta da cidade de Muriaé no fim da tarde e início da noite desta terça-feira (21).

Tudo começou com um homicídio no bairro Marambaia onde um homem identificado por Wanderson Lopes Passos 32 anos, conhecido como “Passinho” que estava na porta de um supermercado, lado oposto da rua, foi baleado por homens que estavam em um carro e chegaram atirando.

A vítima teria sido atingida por três tiros, sendo um deles nas costas, informaram as autoridades. O socorro foi feito por populares até a Casa de Saúde, onde algumas horas depois a vítma não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Polícia Militar ao ser comunicada do fato foi direto para o hospital para onde foi levada a vítima e para o local do crime.

Pouco tempo depois, uma grande perseguição policial teve início na cidade, estavam atrás de um veículo com três suspeitos e a ação só foi terminar no distrito de Vermelho, a 6 Km de Muriaé, onde os suspeitos foram presos e uma arma de fogo, que teria sido jogada no bairro Dornelas, foi apreendida.

Na mesma ação, a Polícia Militar da prosseguimento e não demorou muito, cerca de 3 Kg de droga foram apreendidos.

A prisão dos suspeitos e esta apreensão de droga ainda serão investigadas para ver se tem ligação com a tentativa de homicídio.

  • Mais tarde foi informado que a vítima teria sido atingida por sete tiros.

Wanderson Lopes Passos 32 anos.

By: miradouronoticias.com.br/ fonte: Silvan Alves

CLIENTES DE BAIXA RENDA SÃO OS QUE MAIS REESTRUTURAM DÍVIDAS DO CARTÃO

Saldo restruturado até três salários mínimos totalizou R$ 1,2 bilhão

cartões de crédito

Os clientes de bancos de baixa renda são os que mais recorrem à reestruturação de dívidas e a principal modalidade renegociada por essa parcela da população é o cartão de crédito, segundo estudo do Banco Central (BC), divulgado hoje (21).

A reestruturação de dívida ocorre nas situações em que o tomador de crédito “enfrenta dificuldades financeiras evidentes e, em geral, já tem parcelas em atraso”. É diferente da renegociação de dívida que costuma ocorrer por meio de alongamento de prazos, redução de taxas, alteração nas condições de pagamento, obtenção de recursos adicionais, migração para outras modalidades de crédito, entre outras possibilidades, explicou o BC.

Segundo o BC, os tomadores de crédito com renda inferior a três salários mínimos correspondiam a 70% dos clientes que reestruturaram dívida, em dezembro de 2018.

“Sobressaem nessa faixa os clientes com renda de até dois salários mínimos, representando 53% do total. O saldo reestruturado na faixa até três salários mínimos totalizou R$ 1,2 bilhão, o equivalente a 43% da carteira ativa reestruturada e a 0,21% de toda a carteira ativa para essa faixa de valor”, diz o BC.

Por sua vez, os tomadores de alta renda (acima de dez salários mínimos) haviam reestruturado cerca de R$ 660 milhões de suas dívidas ou 23% do total da carteira reestruturada. O número desses tomadores também é bem menor, atingindo 5% dos clientes com dívidas reestruturadas.

Cartão de crédito

Segundo o BC, 27% dos clientes com dívidas reestruturadas era da modalidade cartão de crédito. Entretanto, as reestruturações nessa modalidade representaram apenas 6% do saldo total da carteira reestruturada.

O destaque do BC em relação a essa modalidade é para o número de clientes de baixa renda com dívidas renegociadas. Cerca de 70% das reestruturações de cartão são de clientes de baixa renda (inferior a três salários mínimos).

Dívidas abaixo de R$ 3 mil

Dos cerca de 278 mil tomadores que reestruturaram dívidas em dezembro de 2018, 178 mil tinham débitos em montantes inferiores a R$ 3 mil. O saldo total reestruturado nessa faixa de valor foi de R$ 220 milhões, ou seja, aproximadamente 65% dos tomadores reestruturaram dívidas que correspondiam a apenas 8% do saldo reestruturado total (R$ 2,9 bilhões).

Por outro lado, 63% do saldo da carteira reestruturada em dezembro de 2018 referia-se a dívidas acima de R$ 50 mil. O número de tomadores nessa faixa, contudo, é pequeno, correspondendo a 5% do total de devedores, diz o BC.

Crédito imobiliário

Em dezembro de 2018, cerca de 15 mil tomadores de crédito imobiliário recorreram à reestruturação de seus débitos. “Ainda que pouco representativa em relação ao número de tomadores com operações reestruturadas (cerca de 6%), essa modalidade de crédito atinge R$ 1,3 bilhão de saldo na carteira (46% da carteira reestruturada)”, destaca o BC.

Dos clientes com crédito imobiliário reestruturado, 67% têm renda inferior a três salários mínimos. “A maior parcela do saldo da carteira reestruturada (23% do total) é composta por tomadores dessa faixa de renda que financiaram imóveis com valores superiores a R$ 50 mil, um possível reflexo da recessão econômica de 2015 e 2016 sobre os clientes que operam nos limites de sua capacidade financeira”, diz o BC.

Inadimplência

Segundo o BC, um pouco menos da metade da dívida renegociada é paga em dia. Em dezembro de 2017, após 12 meses da reestruturação, 48% do saldo (45% dos tomadores) estava pago ou com pagamento em dia. Cerca de 23% da carteira estava com atraso inferior a 90 dias (considerados pré-inadimplente), 15% estava inadimplente ou havia sofrido nova reestruturação e 5% (18% dos tomadores) havia sido lançada como prejuízo para os bancos.

Entre as modalidades, o crédito imobiliário tinha 83% da carteira (84% dos clientes) paga, adimplente ou com atraso inferior a 90 dias. No caso do cartão de crédito, esse percentual cai para 55% da carteira reestruturada (49% dos clientes).

“As reestruturações de operações de crédito imobiliário foram mais efetivas do que as de cartão de crédito”, conclui o BC.

Segundo o BC, “esse comportamento pode estar relacionado com o fato de o crédito imobiliário ser de alto volume e envolver uma boa garantia, levando a um maior interesse tanto por parte do tomador quanto da instituição concedente em mantê-lo adimplente”.

“Porém, a permanência dos tomadores na modalidade cartão de crédito é preocupante dado seu alto custo, que tende a levar ao aumento da inadimplência. Essa análise é compatível com a participação do cartão de crédito na carteira inadimplente. Em dezembro de 2018, embora representasse 12% do saldo da carteira de crédito pessoa física, o cartão de crédito correspondia a 22% da carteira inadimplente”, diz o BC.

Saldo renegociado

O saldo da carteira reestruturada, em dezembro de 2018, chegou a R$ 2,9 bilhões. Esse estoque representa cerca de 0,15% do saldo dos empréstimos concedidos pelos bancos no país. O número de clientes com dívidas reestruturadas em relação ao total de tomadores é de aproximadamente 0,3%. Isso corresponde a uma média de 252 mil clientes com novas reestruturações a cada mês.

Agência Brasil

By: miradouronoticias.com.br

JAIR BOLSONARO DIZ QUE PROBLEMA DO BRASIL É A CLASSE POLÍTICA

Declarações do presidente sobre a classe política brasileira vêm num momento em que seu governo coleciona derrotas no Congresso Nacional

Por R7

O Presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (20) que o Brasil é um país que tem tudo para dar certo, mas que o problema é a sua classe política, acrescentando que isso precisa ser modificado.

Em evento na Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro), Bolsonaro também disse que gostaria que a imprensa brasileira fosse isenta e voltou a defender a necessidade de uma reforma da Previdência, apontando que pode ser “salgada” para alguns, mas visa combater privilégios.

As declarações do presidente sobre a classe política brasileira vêm num momento em que seu governo coleciona derrotas no Congresso Nacional e no início de uma semana decisiva, em que o Planalto precisará conquistar votos no Parlamento para impedir que medidas provisórias importantes percam validade.

Copyright © Thomson Reuters.
By: miradouronoticias.com.br/ Fonte: Portal das Gerais

TAURUS AFIRMA QUE DECRETO DE BOLSONARO LIBERA VENDA DE FUZIL

Informação é contestada pela Casa Civil, ligada ao Palácio do Planalto. Texto do decreto está sendo contestado pelo MPF na Justiça e por partidos no STF

Estadão Conteúdo

A fabricante de armas brasileira Taurus informou nesta segunda-feira, 20, que o decreto sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, que facilitou o acesso de civis a armamentos, também inclui a possibilidade de a população comprar um fuzil, o T4 semiautomático de calibre 5,56.

À TV Globo, a empresa disse aguardar a entrada em vigor da regulamentação para “imediatamente atender os clientes”. “Temos uma fila de 2 mil clientes”, informou a empresa, que tem sede no Rio Grande do Sul. “Estamos preparados para atender em até três dias as demandas dos nossos clientes.”

A reportagem contatou a fabricante na noite de segunda-feira, mas não obteve resposta sobre o assunto. A Casa Civil, ligada ao Palácio do Planalto, disse que o decreto não enquadra o fuzil T4 como arma de uso permitido. Segundo o órgão, a arma “é de uso restrito e, por isso, o cidadão comum não consegue adquiri-la”. “A informação não procede”, declarou.

Em 2017, quando Bolsonaro já se apresentava como candidato à Presidência, ele esteve em um stand da Taurus durante uma feira de produtos de segurança e disse que o T4 seria liberada para alguns grupos. “Se eu chegar lá, você, cidadão de bem, vai ter num primeiro momento isto aqui em casa (e aparece segurando uma pistola). E você, produtor rural, no que depender de mim, vai ter isto aqui também (e aparece segurando um fuzil T4). Cartão de visita para invasor tem que ser cartucho grande mesmo, com excludente de ilicitude, obviamente.”

Potência

O decreto do presidente aumentou o limite da energia cinética das armas permitidas para 1.620 joules; a Taurus diz que a energia cinética do seu T4 é de 1.320 joules. Bolsonaro assinou o decreto no dia 7 e, entre as mudanças, o documento liberou o uso de armamento restrito. Além disso, o texto prevê que 19 categorias não tenham de comprovar a efetiva necessidade para portar armas.

O texto é contextado pelo Ministétio Público Federal na Justiça e por partidos no Supremo Tribunal Federal.

By: miradouronoticias.com.br/ fonte: Portal das Gerais