MIRADOURO-MG: PARABÉNS NOSSOS BRAVOS E CORAJOSOS CAMINHONEIROS

O site Miradouro notícias  parabeniza a todos os caminhoneiros, que aderiram a essa greve em prol de todos os brasileiros. Todos na luta contra o aumento da gasolina e do diesel. Sabemos que muitos desses caminhoneiros são pais de família, homens de bens; que levam os alimentos até as nossas cidades. Há vocês nosso muito obrigado por estarem enfrentando essa luta longe de suas famílias; mais com um único objetivo: A redução dos preços dos combustíveis. Obrigado nossos guerreiros!!! Homens de coragem!!! Parabéns a todos os caminhoneiros (as) pela iniciativa de parar o nosso Brasil Por essa causa.

Quando você dirige em estradas e rodovias pelo país, vê caminhões o tempo todo. E você já parou para pensar que a nossa economia depende muito do trabalho dos homens que dirigem esses veículos? Eles enfrentam todos os dias a falta de segurança e os perigos de estradas em mau estado de conservação para fazer chegar à nossa porta os bens de consumo fabricados no outro extremo do país.

O transporte rodoviário é responsável por 68,6% da matriz de transporte no Brasil. São cerca de 2 milhões de caminhões que trafegam pelo 1,7 milhão de quilômetros de rodovias brasileiras. Esses números mostram a importância dos caminhoneiros e de quanto nossa economia depende deles. Os produtos vendidos em sua loja ou supermercado podem ter viajado milhares de quilômetros para chegar até você, isso graças aos esforços dos caminhoneiros.

Sem os caminhoneiros, a economia iria desmoronar porque esses trabalhadores são responsáveis pelo transporte de matérias-primas que movem a indústria. O cidadão comum também depende deles para que tenham acesso a alimentos frescos e de boa qualidade o ano inteiro.

Oferecimento:

By: Miradouronoticias.com

SÃO FRANCISCO DO GLÓRIA-MG: PM REALIZA PALESTRA NA ESCOLA SANTO AGOSTINHO

Foi realizada nesta tarde, na Escola Estadual Santo Agostinho uma palestra sobre a Constituição Federal de 88 e seus 30 anos, dita esta como constituição cidadã. A palestra foi de iniciativa da professora Kênia, que solicitou a Polícia Militar de São Francisco do Glória que pudesse permitir ao SD Italo Gomes Vieira, que é estudante do 7° período do curso de Direito, ministrasse a palestra. A palestra teve por finalidade orientar os alunos do 1° ano do ensino médio quanto aos princípios e fundamentos constitucionais que levam a Constituição Federal de 1988 a ser chamada de Constituição Cidadã, devido a esses alunos participarem de um concurso de redação sobre o tema, é que escolherá um jovem senador Mirim.

Oferecimento:

By: Miradouronoticias.com

 

APÓS CINCO ALTAS, PETROBRÁS ANUNCIA REDUÇÃO DO PREÇO DO DIESEL E DA GASOLINA

A partir de quarta, preço médio da gasolina nas refinarias será de R$ 2,0433, com queda de 2,08% em relação à média atual de R$ 2,0867. Já o diesel cairá 1,54%, de R$ 2,3716 para R$ 2,3351

Com a política de preços para os combustíveis da Petrobras adota desde o ano passado, que altera quase diariamente o preço médio nas refinarias, os preços da gasolina e do diesel subiram nesta terça-feira (22), mas terão queda já na quarta-feira (23). A próxima redução será a primeira após cinco dias de altas consecutivas, e o anúncio ocorre em meio a protestos de caminhoneiros em rodovias de todo o país contra a política de preços da Petrobras.

Com a queda na quarta-feira (23), o preço médio do litro da gasolina sem tributo nas refinarias será de R$ 2,0433, com queda de 2,08% em relação à média atual de R$ 2,0867. No mês de maio, o combustível acumula alta de 13,6%. O valor médio nacional do litro do diesel caiu para R$ 2,3351, 1,54% menor do que a medida atual de R$ 2,3716. No mês, o produto acumula alta de 10,6%.

Alta acumulada

Desde que a Petrobras iniciou sua nova política de preços para os combustíveis, em 3 de julho do ano passado, o óleo diesel subiu 56,5% na refinaria, segundo cálculos do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) — passou de R$ 1,5006 para R$ 2,3488 (sem contar os impostos). O aumento acompanhou a cotação do petróleo no mercado internacional, exatamente a intenção da estatal. Mas, para os caminhoneiros, essa alta vem tornando sua atividade inviável.

O governo fez uma reunião na noite da segunda-feira para discutir a questão, mas não conseguiu chegar a uma decisão. Nesta terça, haverá mais rodadas de reuniões.

A primeira delas será pela manhã, no Ministério da Fazenda, onde o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, recebe o presidente da Petrobras, Pedro Parente, e o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. Eles deverão tentar encontrar uma forma de evitar oscilações tão frequentes no preço da gasolina e do diesel no mercado doméstico.

Sobe e desce

A Petrobras repassa a variação da cotação do petróleo no mercado internacional, para cima ou para baixo. Desde que alterou sua política de preços, em julho do ano passado, a estatal passou a promover reajustes quase diários dos combustíveis.

A companhia refuta que seja responsável pela alta de preços ao consumidor e diz que o valor cobrado pela empresa corresponde a cerca de um terço dos preços praticados nas bombas. Maior parte do valor cobrado pelo consumidor final engloba principalmente tributos, estaduais e municipais, além da margem de lucro para distribuidoras e revendedores.

Segundo a estatal, as revisões podem ou não refletir para o consumidor final — isso depende dos postos. Mas os donos de postos também apoiam a reivindicação dos caminhoneiros, pois dizem estar perdendo margens com os aumentos de preços.

By: Miradouronoticias.com/ fonte: O Estadão

 

 

MURIAÉ-MG: MOVIMENTO ENTRA NO 3º DIA, GANHA FORÇA E HÁ PROTESTO TAMBÉM NA BR-356, EM FRENTE AO CESC

                        Na BR-356, veículos estão concentrados na área do antigo Posto Fiscal, Sesc e estádio do NAC

A paralização dos caminhoneiros chega ao terceiro dia em Muriaé nesta quarta-feira (23) e, ao contrário do que muitos previam, o movimento ganhou força e há protestos em mais um ponto da cidade. Além do trecho da BR-116 no bairro Bela Vista, dezenas de motoristas e veículos estão concentrados na BR-356, na área do antigo Posto Fiscal, em frente à unidade do Sesc, na saída sentido a Itaperuna-RJ.

Na tarde desta terça (22), taxistas saíram em comboio pela cidade e realizara um “buzinaço” manifestando apoio ao movimento dos caminhoneiros.

O principal item da pauta de reivindicações é o recuo no valor cobrado pelo óleo diesel, atrelado à redução da carga tributária sobre o preço dos combustíveis.

Caminhoneiros seguem parados na BR-116, no Bela Vista, na saída para Miradouro 

By: Miradouronoticias.com/ Rádio Muriaé

 

CHEVROLET, FIAT E FORD TÊM A PRODUÇÃO PREJUDICADA POR ATOS DE CAMINHONEIROS

Marcas afirmam que estão com dificuldade na chegada de peças e saída de veículos prontos. Manifestações acontecem mais de 20 estados.

Caminhoneiros protestam na BR-262, em Juatuba, na Grande Belo Horizonte, região da fábrica da Fiat (Foto: DOUGLAS MAGNO/O TEMPO/ESTADÃO CONTEÚDO )

Fabricantes de veículos como ChevroletFiat Ford afirmaram nesta terça-feira (22) que estão enfrentando problemas na produção em decorrência das manifestações de caminhoneiros pelo país nos últimos dois dias.

Nesta terça, caminhoneiros realizaram atos em pelo menos 24 estados. As manifestações são contra a alta no preço do diesel, e estão causando bloqueios em rodovias estaduais e federais. Na maior parte dos casos, apenas veículos de passeio conseguem passar.

Com as interdições, a entrega de peças nas fábricas fica prejudicada. Por outro lado, a saída de veículos para abastecer a rede de concessionárias também é comprometida. 

O que dizem as marcas

Em nota, a Chevrolet afirmou que "o movimento dos caminhoneiros está impactando o fluxo logístico em suas fábricas no Brasil, com reflexo nas exportações. Com a falta de componentes, as linhas de produção começam a ser paralisadas e também estamos enfrentando dificuldades na distribuição de veículos à rede de concessionárias.”

A Chevrolet possui fábricas em São Caetano do Sul e São José dos Campos (SP), Gravataí (RS) e Joinville (SC), mas não detalhou quais linhas de produção estão paradas.

A Fiat Chrysler, que possui fábricas em Betim (MG) e Goiana (PE), disse que "começa a sentir os primeiros efeitos da greve dos caminhoneiros" na chegada de peças de fornecedores na unidade mineira. 

A Ford disse que "a produção das fábricas de Camaçari (BA) e de Taubaté (SP) foi impactada devido à paralisação nacional dos caminhoneiros", mas também não deu outras informações. A fabricante ainda possui uma terceira unidade, em São Bernardo do Campo (SP).

Procurada, a Volkswagen, que tem fábricas em São Bernardo do Campo, São Carlos e Taubaté (SP) e São José dos Pinhais (PR), disse que não iria se manifestar sobre o assunto.

Alta nos preços

Os caminhoneiros querem a redução do valor do óleo diesel, que tem tido altas consecutivas nas refinarias. Nesta terça, o preço sobe quase 1% nas refinarias. No entanto, a Petrobras anunciou que a partir de quarta-feira (23), o valor cairá 1,54%. A escalada dos preços aconteceu em meio à disparada dos valores internacionais do petróleo.

As revisões podem ou não refletir para o consumidor final – isso depende dos postos. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano. O valor está acima da inflação acumulada no ano, de 0,92%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Caminhoneiros manifestaram em posto de combustíveis às margens da Rodovia Euclides da Cunha em Votuporanga (SP) (Foto: Votunews/Divulgação)

        Protesto de caminhoneiros em Jacareí, cidade próxima à de fábricas da Ford e da Chevrolet (Foto: Lucas Cardoso/TV Vanguarda)

By: miradouronoticias.com/ Fonte: G1

MURIAÉ-MG: BR-356: JOVEM FICA FERIDA EM COLISÃO ENTRE 2 MOTOS NO “TREVO DA GÁVEA”

                A motociclista foi levada ao HSP com escoriações nos braços e queixando-se de dores nos ombros

Uma jovem motociclista ficou ferida em uma colisão entre duas motocicletas ocorrida no perímetro urbano da BR-356, no chamado “Trevo da Gávea”, na região central de Muriaé, no início da noite desta terça-feira (22). Ela estava sozinha em uma das motos e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e Samu, sendo levada ao Hospital São Paulo (HSP). O condutor da outra motocicleta envolvida fugiu do local com o veículo.

Populares ampararam a vítima até a chegada das equipes de socorro, e o bombeiro, sargento Cassuce, informou à reportagem da Rádio Muriaé que a jovem apresentava escoriações nos braços e queixava-se de dores nos ombros.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que assumiu o registro da ocorrência, no momento do acidente a motociclista atravessava a pista em direção a Gávea e a outro moto envolvida seguia pela rodovia sentido Posto-Barra.

Testemunhas afirmaram ter anotado a placa da segunda motocicleta, mas não há confirmação se o condutor que fugiu foi localizado.

By: Miradouronoticias.com/ Fonte: Rádio Muriaé

 

 

GOVERNO FEDERAL VAI ‘ZERAR’ TRIBUTOS SOBRE COMBUSTÍVEIS

Objetivo, segundo eles, é minimizar efeitos do aumento dos combustíveis ao consumidor. Além disso, parlamentares disseram que querem destinar recursos da reoneração para reduzir preço do diesel.

Gorveno vai diminuir tributos sobre combustivos

Os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), anunciaram nesta terça-feira (22) que chegaram a um acordo com o governo federal para tentar minimizar o impacto do aumento dos combustíveis ao consumidor.

Segundo os parlamentares, pelo acordo, o governo irá reduzir tributos que incidem sobre os combustíveis e, em troca, o Congresso aprovará o projeto da reoneração da folha de pagamentos prevendo que os recursos provenientes do texto sejam utilizados para compensar a perda da arrecadação.

De acordo com o colunista do G1 Valdo Cruz, interlocutores do Ministério da Fazenda confirmaram a negociação com os presidentes da Câmara e do Senado e explicaram que, no caso do diesel, a proposta é zerar a cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide).

Pode haver também uma redução na cobrança de PIS-Cofins tanto sobre gasolina como diesel.

"Eu estou aqui com o Eunício, presidente do Senado, […] nós estamos discutindo desde de manhã alguma soluções antes da nossa reunião da próxima semana, pra reduzir o preço do diesel, principalmente, e também da gasolina. Então nós já fechamos aqui a aprovação da reoneração, a arrecadação da reoneração ela vai toda pra redução do diesel”, declarou Rodrigo Maia.

"Nós estamos trabalhando junto com o governo, já tivemos uma reunião com o ministro [Eduardo] Guardia, para zerar a Cide também do diesel e da gasolina pra que a gente possa minimizar os efeitos do aumento dos combustíveis na vida de cada um de vocês", concluiu o presidente da Câmara.

By: Miradouronoticias.com/ Fonte: G1